12ABR2012

Cirurgiões plásticos se reúnem em Ouro Preto para discutir a polêmica dos implantes adulterados

Evento terá a participação da Comissão de Silicone da SBCP

Em dezembro de 2011, ganhou destaque no mundo inteiro a polêmica dos implantes mamários das marcas Poly Impalnt Prothese PIP (francesa) e Rofil (holandesa), preenchidos, irregularmente, com silicone industrial para baratear os custos. No Brasil, estima - se que cerca de 12,5 mil pacientes utilizem implantes da PIP, distribuídos, segundo informações do distribuidor, principalmente no Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Ainda não há informações sobre as próteses da marca holandesa.

Desde então, inúmeras dúvidas estão tirando o sono das mulheres brasileiras que já realizaram cirurgia de inclusão de prótese mamária. Posso procurar qualquer cirurgião plástico para realizar a avaliação médica? Coloquei a minha prótese de silicone em uma cirurgia reparadora e constatei que era uma prótese adulterada. O SUS vai realizar a minha cirurgia de substituição da prótese? O rompimento da prótese coloca em risco a minha saúde? Mesmo depois de realizada a cirurgia de substituição, o meu corpo ainda pode sofrer com os efeitos do silicone industrial? Ele pode gerar câncer?

Só em 2010, os implantes mamários tiveram um crescimento de 35% em relação a 2009 e permanecem no topo do ranking das cirurgias estéticas mais realizadas no país.

Com objetivo de responder a estas questões, e esclarecer todas as dúvidas dos cirurgiões plásticos em relação às diretrizes de procedimentos estipuladas pelo Ministério da Saúde, a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica Regional Minas Gerais realizará, nos dias 9 e 10 de março, na cidade de Ouro Preto, o VI Simpósio Mineiro de Intercorrências em Cirurgia Plástica.

Na ocasião, estarão reunidos no Centro de Convenções da UFOP, cirurgiões plásticos de todo o Brasil, para discutir questões de intercorrências e complicações ligadas às cirurgias de caráter estético e reconstrutor. A mesa redonda sobre as próteses de silicone PIP e Rofil é destaque na programação do dia 9 de março, com a mesa redonda "Intercorrênicas próteses PIP e Rofil", com participação do presidente da SBCP Nacional, José Horácio Aboudib e da cirurgia plástica do Paraná, Anacélia Linhares Gorine, que irá falar sobre a sua experiência de 72 casos com o implante da PIP.

Paralelamente ao Simpósio, a SBCP-MG realizará seu tradicional encontro gastronômico, com a apresentação de receitas preparadas pelos próprios cirurgiões. A ideia, que surgiu junto com a realização do I Simpósio, pretende oferecer aos médicos um momento de confraternização combinando um tema de importância fundamental à especialidade ao prazer da boa comida e dos bons vinhos, tendo como pano de fundo Ouro Preto, cidade cheia de história e cultura.


VFazitto - 12/04/2012

Rua Tupis, 38, sala 1006, Centro, CEP 30190-901, Belo Horizonte, MG, Tel: (31) 3463-4381